"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Às Minhas Filhas - Elizabeth Noble

Este é daqueles livros que me estava a cativar imenso, a história de 4 irmãs totalmente diferentes que ficam sem a mãe. 

Hannah, a irmã adolescente que ficou sem a mãe na altura em que mais precisava dela para ser orientada. Comete erros típicos da idade, dos quais o pai não sabe como proceder. Hannah não me disse muito, talvez pela sua faixa etária.

Amanda, a segunda mais nova. É a irmã mais afastada mas ao mesmo tempo a que mais precisa da família. Antes de morrer a mãe deixa uma carta a cada filha, e a da Amanda deixa-a trastornada. Segredos nunca revelados. No entanto, acho que este segredo podia ter sido muito mais explorado. Merecia melhor.

Jennifer, a irmã certinha. A autora tenta no inicio do livro, que o leitor goste menos desta personagem. Mas isso não foi o que aconteceu comigo. Depois da desilusão que apanhei com a irmã mais velha, a Jennifer passou a ser a minha preferida. Esta personagem sofre um drama no casamento

Lisa a mais velha. A mais parecida com a mãe. Talvez a preferida da mãe, embora não seja referido. Era a minha preferida, mas desiludiu-me imenso e detestei o final que lhe foi dado.

As personagens masculinas todas impecáveis. Mark, o pai/padrasto ideal. Stephen, marido de Jennifer, tem os seus defeitos mas acabei por compreende-lo e aceita-lo tal como é. O Andy, é o namorado da Lisa. Um homem que todas as mulheres querem na sua vida mas há algumas que não o merecem.... mais não digo.

Resumindo, estava a gostar imenso até chegar ao final.  Faltou resolver o assunto de uma das irmãs, e como já disse dava outro fim à Lisa.




Sem comentários:

Publicar um comentário