"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

quinta-feira, 16 de maio de 2013

1.º Parágrafo - Procuro-te de Lesley Pearse


" - Chega aqui e dá-me a mão, minha querida. Detesto parecer melodramática. mas acho que já não vou durar muito. 
Daisy estava a sair do quarto, pois julgava a mãe adormecida. Ao ouvir estas palavras rodou os calcanhares, em estado de choque e consternação."


in Procuro-te de Lesley Pearse página 7

Sem comentários:

Publicar um comentário