"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

terça-feira, 26 de junho de 2012

Medo - Jeff Abbott

Não é a minha primeira experiência neste género literário. Já li Mary Higgins Clark e Kathy Reichs e gostei bastante de ambas, mais do que estava à espera.
Foi por esse motivo e por este livro estar com 40 % de desconto nas livrarias Bertrand, que resolvi voltar a ler um policial/Thriller.

No inicio da leitura pensei que tinha feito a escolha errada. Isto porque detesto ciências/medicina e tudo o que esteja ligado a estes temas. Jeff Abbott aborda, neste livro, o stress pós-traumático. As explicações dadas a esta temática estavam a dar-me "cabo" da cabeça. Mas respirei fundo e disse para os meus botões: "Calma Diana! Não estás na tua zona de conforto. Dá-lhe uma oportunidade". Foi o que realmente aconteceu. Com o avanço da leitura acabei por me apegar ao enredo.
No entanto, achei a escrita muito repetitiva, e nos momentos de grande tensão, senti-me um pouco baralhada com o: "Miles fez assim e depois assim. Miles fez o outro ao Groote e Groote fez aquilo que o Miles queria fazer ao Groote"
Em relação ao final, comecei a desconfiar a meio da leitura, mas não queria acreditar que seria mesmo isso que iria acontecer.
Personagem preferida: Groote

Sinopse :

Miles Kendrick está no Programa de Protecção de Testemunhas para se esconder da Máfia. Mas nenhum programa o protege de ser atormentado pela morte do amigo. Com a ajuda da psiquiatra Allison Vance, Miles tenta agarrar-se ao que lhe resta da sua lucidez para recordar os acontecimentos daquela noite trágica.
Depois de um ataque bombista ao seu escritório, Allison morre e Miles vê-se apanhado numa conspiração mortal que se repercute muito para além dos seus piores pesadelos. Perseguido por um ex-detective do FBI, mas apoiado por um ex-soldado e uma mulher reclusa na sua própria casa, Miles tem pela frente uma batalha para recuperar a sua vida - ou simplesmente se manter vivo."

Sem comentários:

Publicar um comentário