"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

1° Parágrafo - Soberba Escuridão de Andreia Ferreira






" O calendário datava dois de Dezembro. Antes de me deitar tenho este ritual, tirar a folha que corresponde ao dia que passou. O dia um de Dezembro já estava no lixo, feriado nacional em Portugal, dia da Restauração da Independência, que passei embrenhada nos lençóis quentes de polar, a ler um bom livro de vampiros. Haverá meelhor maneira de passar um dia em que a temperatura está nos - 1 graus celsius? Não, acredito que não. Desloquei-me para as refeições e para tomar um duche antes de vestir um novo pijama para logo depois voltar para a minha quente cama. Não me agrada dormir com o mesmo pijama com que passei o dia, sem falar que odeio tomar banho de manhã, pois isso significa acordar mais cedo que o necessário. "

página 11

Sem comentários:

Publicar um comentário