"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

quarta-feira, 27 de junho de 2012

1.º Parágrafo

Estava a dar um passeio pelos blogues que sigo, e vi uma publicação sobre a importância do primeiro parágrafo no livro que escolhemos para ler. Quando começamos a ler as primeiras linhas temos logo a primeira impressão e por vezes começamos logo a adivinhar o desenrolar da estória.

Na faculdade tive uma disciplina de opção que se chamava "Vida de Artistas", e a minha professora deu-me a conhecer diversos escritores, músicos, pintores, actores, entre outros. O objectivo da disciplina era escolhermos uma personalidade, estudarmos os seus feitos e depois, começar a escrever a biografia do mesmo. Eu escolhi Daniel Pennac. O primeiro parágrafo da biografia foi bastante complicado, tendo em conta que a professora não nos deixava continuar o trabalho enquanto as primeiras linhas não estivessem como deve ser. Dizia ela: "O primeiro parágrafo é o rosto do vosso texto" acho que era mais ou menos assim.

Por esse motivo, irei publicar, sempre que começar a ler um livro, o primeiro parágrafo.

Começo hoje com Os pecados de Lord Easterbrook de Madeline Hunter

"Silêncio, Um centro negro e tranquilo absorvendo o caos para a sua quietude. O ritmo sereno de inspirações e expirações." 



4 comentários:

  1. "A importância do parágrafo-anzol" :P é uma boa ideia para os teus novos posts

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo ;) Vá a disciplina foi melhor do que estavamos à espera ;)

      Eliminar
  2. Gostei da ideia!
    Vou acompanhar-te e fazer o mesmo.
    bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada ;) Vou acompanhar também os teus ;)

      Eliminar