"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011


Fecho os olhos e imagino-te, respiro-te, beijo-te, sinto-te e amo-te como nunca amei.

Diana Matias

Sem comentários:

Publicar um comentário