"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Olhares...


Estou longe de te descobrir...

Quero chegar perto de ti, entrar por ti.
Pelos teus olhos cor de mel,
repletos de amor e de solidão!


Quero descobrir a tua alma
conquistar o teu coração
e deixar que a vida nos leve.
Quero indagar o teu suspiro quente,
receber respostas cruas, sem mágoa
perceber o mundo que te transforma
e que me impede de chegar mais perto de ti.


Esse teu olhar tão puro e tao distante,
trava o meu percurso.
Põe um obstáculo no meu caminho.
Não me quer por perto.


Os teus olhos perturbam-me,
transmitem medo...
De mim? Porquê?


Tremo de angustia de não te ter,
dos meus olhos correm lágrimas ,
por não terem os teus!
Dos teus lábios precisam os meus!



Sem comentários:

Publicar um comentário