"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

terça-feira, 19 de março de 2013

1.º Parágrafo - Esquinas do Tempo de Rosa Lobato Faria




"Quando Margarida chegou à Casa da Azenha teve aquela sensação, não desconhecida mas sempre inquietante, de já ter estado ali.
Não era verdade. Vinha pela primeira vez a Vila Real, com o intuito de fazer uma palestra sobre novas técnicas do ensino da Matemática e os organizadores, cujo convite a lisonjeara, tinham-na instalado num belo turismo de habitação em vez de no rotineiro hotel. Foi recebida por três senhoras de meia-idade que se disseram irmãs e que, por corredores que a Margarida pareceram labirínticos, a conduziram ao quarto." 

in As Esquinas do Tempo de  Rosa Lobato Faria, página 5

Sem comentários:

Publicar um comentário