"Restava-me o amparo dos livros" - José Jorge Letria

sexta-feira, 30 de julho de 2010

RIP António Feio

Custa ver que as pessoas que acompanharam o nosso crescimento através de uma televisão, de um livro de uma música, deixam o mundo de um dia para o outro! É verdade que não os conheço pessoalmente mas sinto-me mais pobre.
E por incrível que pareça, o humorista António Feio ficou marcado de uma maneira diferente. E para mim, é uma perda muito grande.
Vou deixar aqui a sua última mensagem, umas palavras bonitas que todos devem ouvir e pôr em prática.

Sem comentários:

Publicar um comentário